quinta-feira, 29 de outubro de 2015

Dia das bruxas gourmet

Esses dias fui procurar algumas imagens no google sobre receitas para o dia das bruxas e fiquei literalmente apavorada com tanta criatividade sombria das pessoas!
Tem dedo, cérebro, caveiras, caixões e tudo quanto é possível de se imaginar. Mas muitas imagens são divertidas e achei que seria interessante fazer uma coletânea de algumas aqui para vocês.
Aproveitem as gostosuras mais que as travessuras!

Biscoito de dedo de bruxa
Purês de fantasma
Torradas machucadas
Hamburguer medonho
Ovo de aranhas
Salada especial de Halloween
Nachos assustadores
Patê de cérebro

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

A etiqueta do vinho

A etiqueta do vinho
. Segure a garrafa pelo meio, envolvendo-a com toda a mão, o buraco no fundo da garrafa não serve para enfiar o dedo.
. O vinho deve ser mostrado ao anfitrião e depois servido às mulheres, das mais velhas às mais jovens e depois aos homens, na mesma ordem.
. Abra a garrafa na frente dos convidados.
. Cuidado com a gota, use um corta gotas.
. Sempre segure a taça pela haste, nunca pelo bojo.
. Espere todos serem servidos para começar a beber.
. Se trocar o vinho, troque a taça.
. Nunca encha a taça, deve-se servir apenas 1/3 do copo no caso do vinho tinto.
Fonte: Sommeliére Letticiae Bittencourt, da Escola Real.

segunda-feira, 12 de outubro de 2015

O ovo é fresco?

Você sabe como é importante identificar se o ovo está fresco? Isso auxilia no preparo dos alimentos. Ovos mais novos são apropriados para serem ingeridos quentes, fritos ou escaldados. Já os ovos com algumas semanas podem ser aproveitados para misturas com outros ingredientes.
Os ovos velhos permitem a entrada de ar e favorecem a proliferação de germes que os tornam podres.
Quando o ar penetra no ovo através da casca, a clara inicia o processo de perda de espessamento e deslocamento da gema fazendo com que se misturem.
Mas há uma forma bastante simples para identificar a "idade" dos ovos. Basta mergulha-los em água.
Os ovos frescos permanecem no fundo do recipiente. À medida que as semanas passam começam a se deslocar até flutuar quando estão velhos e impróprios ao consumo.
Outro forma interessante de identificar se um ovo está bom ou não é através da aspereza da casca. Quando mais opaca e áspera, mais novo está. Casca lisa e brilhante demonstra que ele já era! Ovos frescos geralmente não tem cheiro após quebrados. A clara é translúcida, espessa e firme. A gema é lisa e redonda. Em ovos que não estão mais frescos é possível identificar a gema mais achatada, a clara fluida. Ovos que após quebrados tem a gema desfeita não devem ser consumidos!
Então anote aí!
Ovo fresco: vai para o fundo do recipiente com água.
Ovo que não é fresco: fica com a ponta para baixo
Ovo velho (já era!): flutua na água
Então agora não tem erro! Antes de começar qualquer receita, verifique se o ovo está fresco com a dica da água. Isso evitará perder receitas ou ingerir ovos impróprios para consumo.

quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Praliné

Uma das delícias que minha mamita faz para acompanhar o café é o amendoim doce (praliné). A receita é super simples, prática e rápida como todas que costumo postar por aqui. E o sabor é tão bom que vale a pena testar em casa!
Em uma panela aquecida em fogo médio adicione 200 g de amendoim com casca. Acrescente 3/4 xícara de açúcar e 1/2 xícara de água. Mexa até dissolver o açúcar. Aguarde um tempo até que a calda tome uma consistência mais grossa. Mexa de vez em quando e quando a calda começar a reduzir e açucarar misture com constância para o amendoim não queimar. Tire a panela do fogo por 1 minuto, mexendo sem parar. O fundo da panela ficará cheio de açúcar e o amendoim começará a formar aquelas casquinhas crocantes. Volte com a panela para o fogo para que o açúcar derreta um pouco. Mexa bem para que o amendoim pegue todo o açúcar caramelado na panela. Quando não houver mais 1 grão sequer de açúcar no fundo da panela, despeje o amendoim em uma forma antiaderente. Com a ajuda de uma colher, espalhe o amendoim evitando a formação de torrões. Deixe esfriar e sirva em seguida.
Bon appétit!

*Fonte da receita: http://gordelicias.biz/index.php/2013/07/05/amendoim-doce-praline/

quinta-feira, 16 de julho de 2015

Yakisoba light

Essa semana me deparei no supermercado com uma mistura de legumes congelados próprios para o preparo do Yakisoba. Resolvi comprar para fazer em casa. A ideia inicial era fazer o prato tradicional, com macarrão, como comemos nos restaurantes. Já até postei essa receita aqui. Mas aí lembrei daquele macarrão de abobrinha (que hoje é figurinha repetida nos jantares aqui em casa!) e troquei a massa por mais um legume. A mistura ficou muito boa! E o prato, que na verdade é um mix de carne com legumes, ficou genial! A abobrinha fez o papel da massa e tudo ficou light, para comer sem culpa!

Em uma frigideira grande aqueci 1 colher de sopa de azeite e despejei metade do pacote de legumes (essa receita é para duas pessoas). Deixei no fogo por uns 5 minutos e juntei a abobrinha ralada em tiras de macarrão e 500g de carne picada (daquelas que compramos em bandejas para fazer strogonoff). Fui misturando bastante e jogando molho de soja para temperar. Provando para conferir o sal e aguardando a carne ficar corada (cozida). Esse processo demorou cerca de 10 minutos e pronto! Para quem quisesse um pouco mais de tempero, o molho de soja foi para a mesa para complementar.
Essa é uma dica ótima para quem não tem muito tempo para preparar as refeições e precisa de praticidade aliada à comida saudável. Lá no meu Instagram tem um vídeo para quem quiser conferir um pouquinho a fervura dos legumes.
E quem experimentar, me conte aqui!
Bon appétit!

segunda-feira, 29 de junho de 2015

Bolinho de Canela

Esse final de semana deu uma vontade louca de fazer bolinhos! Usei as forminhas de cupcake e a receita rendeu 15 unidades. Muito fácil. Basta misturar na batedeira 2 xícaras de farinha de trigo; 1 xícara de açucar cristal; 1 pitada de sal. Depois acrescente 2 ovos; 1 xícaras de agua morna e 1/2 xicara de óleo. Misture bem com a batedeira. Por último acrescente o 1 colher de sopa de fermento em pó e 1 colher de sopa rasa de canela, misturando na potência mínima da batedeira por poucos segundos. Coloque nas forminhas de cupcake sem encher até a borda porque o bolo crescerá. Leve para o forno por 30 min e faça o teste do palito. Se sair limpo após furar o bolinho está no ponto! Essa receita também pode ser feita em forma redonda normal de bolo. Nesse caso, dobre a quantidade de ingredientes. Sirva com um cafezinho e aproveite para fazer um lanche bem mineirinho nesse frio!
Bon appétit!

quinta-feira, 25 de junho de 2015

Caldo de feijão

Em tempos frios, nada melhor que um caldinho para esquentar o corpo. Por isso que essa semana entrei na cozinha e fiz o caldo de feijão. A receita é a mais simples de todas e vale a pena para aquecer nossas noites. Basta cozinhar o feijão, temperar, processar e servir. Na panela de pressão, deixe o feijão de molho por 15 minutos. Caso cozinhe na panela comum, deixe de um dia para o outro. Descarte a água após o tempo de molho. Na panela de pressão, para cada xícara de feijão, use 3 de água, tampe a panela e depois que ela começar a chiar conte 25 minutos (p/ feijão novo) ou 30 minutos (p/ feijão velho). Aguarde até que a panela esfrie e retire a pressão levantando a válvula (Nunca abra a panela quente e com pressão!). Pegue alguns grãos e veja se estão macios. Caso consiga amassar com um garfo sem esforço é porque já está no ponto, caso contrário, retorne para o fogo sem a tampa e deixe cozinhar por mais alguns minutos. Se for cozinhar em panela comum, coloque o feijão e a água (mesma medida da panela de pressão), tampe a panela e depois que a água começar a ferver espere aproximadamente 2 horas, confira se os grãos estão macios e se estiver é hora de temperar. Para isto, doure em 1 colher de sopa de azeite quente a medida de 1/2 cebola cortada bem pequenina para cada xícara de feijão e 2 dentes de alho amassados. Refogue bem e adicione o feijão com o caldo que cozinhou. Acrescente 1 colher de chá de sal e deixe ferver. Para fazer o caldo de feijão é preciso bater os grão no liquidificador ou processador com a água. Após ficar bem cremoso volte com ele para a panela, confira o tempero e adicione um pouco de molho de pimenta. Confira o sabor para saber se está ao seu gosto. Eu prefiro mais picante, mas isso vai de cada um. Pegue um bocado de bacon em cubinhos e coloque em papel toalha (cobrindo por baixo e por cima) por 3 minutos no microondas. Ele ficará tostadinho como biscoito! Adicione por cima do caldo com um pouco de torresmo e sirva. Eu compro o torresmo pronto, mas se preferir pode fritar em casa também! Outro ingrediente interessante para finalizar o caldo de feijão é a salsinha. Mas eu não a usei dessa vez. De qualquer maneira, fica a dica para vocês.
Bon appétit!

terça-feira, 26 de maio de 2015

Macarrão de abobrinha ao pomodoro


Você se lembram daquela receita de Macarrão de legumes com cogumelos? Pois agora eu fiz a versão só de abobrinha com molho pomodoro. Confesso que gostei mais do que a primeira! Assim como fiz na outra, usei o ralador especial para fazer os legumes em formato de macarrão. Transformei 3 abobrinhas em tirinhas finas. Em uma panela joguei 1 colher de sopa de azeite e dourei 1/2 cebola picada bem miúda e 1colher de café de acho picado também muito pequeno. Acrescentei 1 lata de molho de tomate, 1 lata de tomate pelado batida no processador (pode ser no liquidificador também), sal e pimenta do reino. Deixei refogando por 30 minutos em fogo baixo. Em uma frigideira esquentei 1 colher de sopa de azeite e dourei 1/2 cebola picada até ficar ao vidro. Adicionei a abobrinha e deixei refogando por uns 5 minutos. Temperei com sal e pimenta do reino, mexi para o tempero se misturar ao legume todo e após mais 5 minutos estava pronto! Finalizei com mais um pouco de azeite por cima, o molho de tomate bem quente e pequena porção de queijo parmesão por cima. Ficou ótimo! Para dias mais frios é um prato perfeito para o jantar. Saudável, light, quentinho e muito saborosos! Bon appétit!

quinta-feira, 16 de abril de 2015

Risoto de linguiça com bacon

Num dia em que você cozinha e procura o que tem na geladeira e no congelador, eis que surgem ideias boas! Esse risoto saiu assim. Me lembrei de um outro maravilhoso que uma amiga faz com linguiça e provolone e resolvi fazer essa versão com o que eu tinha à disposição. Receita básica, com caldo de carne. Para fazer o risoto aqueça 1 colher (das de sopa) de azeite em uma panela e doure 1 cebola picada bem miúda. Se for de seu gosto, adicione também 1 dente de alho bem picadinho. Enquanto vai fazendo isso, deixe no fogo uma panela cheia de água com 1 tablete do caldo de carne. Adicione o arroz especial para risoto (Arbório, Carnaroli ou o Vailone Nano) à panela com cebola e o alho e misture bem (a medida é 1 xícara das de café por pessoa, de arroz). Adicione 1 taça de vinho branco ou champagne e mexa bem. Quando estiver quase secando acrescente 1 concha do caldo de carne. Mexa e aos poucos vá fazendo o mesmo procedimento. Até o arroz ficar no ponto demora cerca de 25 a 30 minutos. Tudo depende da panela e fogão. Alguns vão mais rápido. O arroz deve ficar macio, porém firme, al dente, e com aspecto de empapado, molhadinho. Para finalizar, jogue 100g de queijo parmesão ralado. Misture. Adicione por cima do arroz uma colher (das de sopa), bem generosa de manteiga, tampe a panela e apague o fogo. Durante todo o procedimento do risoto, frite a linguiça em uma frigideira. Eu costumo usar a antiaderente para não usar óleo. A própria gordura da linguiça vai se soltando e com isso a fritura fica boa. Eu deixei até ficar bem douradinha. Depois cortei em cubos e misturei no risoto. O bacon, comprei aquele já picado, coloquei 2'30'' no microondas em papel toalha. Ele fica crocante! Finalize o risoto jogando por cima esse bacon e coloque uma folhinha de manjericão ou qualquer outra erva de sua preferência apenas para decorar.
Bon appétit!

terça-feira, 14 de abril de 2015

Muffins de omelete

As vezes gostamos de incrementar nossos pratos de forma diferente para a apresentação encher os olhos e fazê-los parecer mais saborosos. A par dessa teoria resolvi colocar em prática uma dica de um vídeo que vi outro dia na internet, os muffins de omelete. A receita é a mesma da tradicional. Bata 2 ovos, tempere com sal e pimenta do reino. Eu acresci 2 colheres de sopa de queijo cottage e 2 fatias de blâaquet de peru picadinhas. Coloquei essa mistura em 3 forminhas de silicone (daquelas de fazer cupcakes) e finalizei jogando um pouco de ervas finas por cima. Coloquei no forno por 30 minutos ou até dourar.
O resultado foi esse da foto! E o sabor, hummm.... Uma delícia!
Bon appétit!

sábado, 11 de abril de 2015

Brigadeiro Vegano

Há muito tenho visto pessoas que não comem absolutamente nada de origem animal. Além delas, há várias outras com intolerância ou alergia a lactose e proteína do leite. Resolvi testar certa vez um tal brigadeiro com inhame e ficou terrível! Por isso nem postei aqui. Agora fiz um teste com o leite condensado de soja. Esse sim ficou bom, muito bom! Igual a um brigadeiro de verdade. O modo de preparo é tal qual do comum.
Leve ao fogo alto em uma panela 1 lata de leite condensado de soja, 3 colheres (sopa) de chocolate em pó (aquele do Padre ou Cacau, que não contém leite) e1 colher (sobremesa) de margarina BECEL rótulo azul ou gordura vegetal e vá mexendo sem parar. Assim que começar a ferver, baixe o fogo e continue mexendo até começar a aparecer o fundo da panela e o doce se desprender do fundo (você inclina a panela e o doce descola da panela). Retire do fogo e espere esfriar bem. Faça bolinhas com porções da massa enroladas com as mãos levemente untadas com a margarina. Passe as bolinhas no granulado (há várias marcas sem adição de leite), em açúcar ou em coco ralado e arrume em forminhas de papel. Pronto! Brigadeiro vegano com gosto de verdade! Sabor e aparência de dar água na boca! 
Bon appétit!

*Fonte: Receitas.com 

quinta-feira, 12 de março de 2015

Apollonio Elfo Negroamaro IGT 2012

Um vinho italiano para entrar na lista dos Top 10! Cor rubi escuro com nuances violeta, boa estrutura, aromas de frutas vermelhas (cereja, ameixa), longo retrogosto. 100% uva Negroamaro, com 3 meses de amadurecimento em barricas americanas, harmoniza-se perfeitamente com aperitivo, para acompanhar pratos de carne, de todos os tipos (coelho, vitela, cordeiro, etc.). Excelente custo/benefício.. Na Casa do Vinho custa R$45,00!
Da região de Puglia, na Itália, a história da vinícola Apollonio remonta a 1870, na sequência da unificação italiana. Foi no sul da área de Salento - onde a maioria das pessoas fizeram a vida de vinho - que a história da família de Apollonio começou. 
À frente da empresa desde 1995, Marcello e Massimiliano Apollonio são a quarta geração da família. Impulsionados pela paixão e entusiasmo e pela experiência que adquiriram no campo, eles decidiram perseguir a meta ambiciosa de expandir seus produtos para além das fronteiras nacionais. 
Sob sua gestão, Apollonio tem se especializado no envelhecimento do vinho, que é vendido para 35 países onde são muito apreciados. 
Segundo Robert Parker e Jorge Lucky, seus vinhos devem ser degustados.
Esse vale muito a pena experimentar!

sexta-feira, 6 de março de 2015

Páscoa deliciosa!

Esse ano, Fernanda Lafetá está arrasando com as novidades de Páscoa! Além das maravilhosas trufas que muitos já conhecem, os naked cakes vem em formato mini, em torinhas de eucalipto para deixar a decoração da sua mesa ainda mais charmosa! Sabores: 
- Amêndoas com baunilha e toque de cítricos. Recheio especial de cream cheese ou chocolate.
- Chocolate com damasco
- Chocolate com creme de chocolate 70%. 
Confesso que não sei dizer qual é o melhor!
Os mini bolos são tamanho 6x6 cm e podem, além da torinha, serem embalados em boleira de vidro ou caixa. Também há tortas trufadas grandes, torta Sacher (chocolate com damasco) que é uma explosão de sabor! e Naked Cake Amêndoas de um ou dois andares.



Mais informações podem ser adquiridas com ela nos seguintes contatos:
Fernanda Lafetá
Whatsapp: (31)86061414
Instagram: fernandalafeta
Facebook: spacogastronomicofernandalafeta

Não há serviços de entrega. O cliente precisará buscar a encomenda na Av. Uruguai, no bairro Sion, em Belo Horizonte. 
A forma de pagamento é 50% na encomenda e o restante na entrega.
 


quinta-feira, 5 de março de 2015

5 de março - Dia do Filatelista Brasileiro

5 DE MARÇO - DIA DO FILATELISTA BRASILEIRO
Hoje, 05 de março, comemoramos o Dia do Filatelista Brasileiro. O termo filatelista vem do francês philatéliste e é como chamamos todos aqueles que se dedicam à prazerosa prática de colecionar selos postais.
Você sabia que já foram desenvolvidos vários selos postais relacionados a comida? Confira nas imagens abaixo alguns deles.
Série Relações Diplomáticas: Brasil-México
Comida Tradicional à Base de Milho e Mandioca - 2012
Polónia -  1977
Roménia - 1964:

Hungria - 1986
Rússia - 1986
Suíça - 1985: selo postal dedicado ao centenário da v Federação pasteleiros - Berna

Açougueiro de selo postal Suíça 1987

Selo frutos enlatados para exportação - Cuba 1982

Líbano - 1982 - dia mundial da alimentação

Roménia 1962

Argentina 1936

Austrália - 1987

França - 2010

*Fonte de fotos: http://pt.depositphotos.com/

















domingo, 1 de março de 2015

Linguado assado

Uma receita vapt-vupt daquelas que preparamos em 15 minutos! Linguado assado com cebola, champignon, alcaparras e azeite. Forre um tabuleiro com papel alumínio. Cubra-o com cebolas picadas grosseiramente, 1 colher de sopa de alcaparras e 1 xícara de chá de cogumelos paris em conserva. Regue com azeite. Tempere 4 filés de linguado com sal e pimenta do reino e coloque por cima das cebolas e dos cogumelos. Jogue um pouco mais de azeite por cima e leve em forno pré-aquecido por cerca de 30 minutos ou até dourar. Sirva com arroz branco, risoto de limão siciliano ou batatas assadas. O sabor é suave, a textura divina e, o melhor de tudo, é light! Bon appétit!

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Medalla Real Gran Reserva Cabernet Sauvignon DO 2010

Mais um vinho super aprovado para sugerir aos amantes dessa bebida maravilhosa. 
Medalla Real Gran Reserva Cabernet Sauvignon DO 2010, é chileno, da VinícolaViña Santa Rita, na Região Valle del Maipo, feito com as uvas Cabernet Sauvignon (95%) e Cabernet Franc (5%). 
De um tom rubi profundo e aromas bastante frutado é de paladar agrável e suave frescor. 
Nas palavras do Sommelier Wine, "Aromas de frutas negras com notas de tabaco e especiarias marcam este tinto denso e elegante, com paladar macio, taninos maduros e final marcante. Um exemplar onde a cabernet sauvignon expressa-se de forma intensa". De custo um por aproximadamente R$55,00, é um vinho que vale a pena adquirir e degustar em situações especiais. Vai para a minha lista de favoritos, com certeza!

domingo, 25 de janeiro de 2015

Macarrão de legumes com cogumelos

Essa é mais uma daquelas dicas especiais para um almoço ou jantar bem rápido, saudável e cheio de sabor. Para os vegetarianos é um prato cheio! Vi essa receita no programa da Bel Gil, no GNT e resolvi testar. Para começar, você precisará adquirir um ralador especial para fazer os legumes em formato de macarrão. Existem vários tipos no mercado, conforme se pode ver na foto que posto abaixo. O meu é o primeiro, muito bom! Mas todos atendem. Rale em algum desses raladores especiais 1 cenoura e 2 abobrinhas grandes. Fatie 250g de cogumelo paris e pique 5 dentes de alho. 


Em uma panela ou frigideira funda aqueça 2 colheres de sopa de azeite de oliva e refogue o alho. Adicione os cogumelos e aguarde 5 minutos. Adicione os legumes, uma pitada sal e de pimenta-do-reino e refogue por mais 5 minutos. A receita original sugere finalizar com fios de azeite trufado. Como eu não o tinha, utilizei azeite extra virgem mesmo. Ficou uma delícia! Vale muito a pena experimentar! Bon appétit!

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

La Chamiza Polo Amateur Chardonnay, 2013

Com o calor que estamos passando nesse início de ano no Brasil, nada melhor que bebidas refrescantes para aliviar esse clima quente! Outro dia resolvi comprar algumas garrafas de vinho branco para experimentar e escolhi o La Chamiza Polo Amateur Chardonnay, 2013 (que possui precinho bem camarada!). Me surpreendi com o vinho. Refrescante, leve, com bons aromas, toque frisante, frutado e com cor amarelo palha.
Nas palavras do Sommelier Wine: "Com notas cítricas no aroma, este frutado e fresco chardonnay é produzido pela Finca La Chamiza. O Pólo Amateur é um jogo espontâneo, saudável e casual. Para jogar entre amigos sem preocupações. Com esta inspiração surgiu esta linha de vinhos: expressivos e aromáticos".
Por aproximadamente R$25,00, é a minha dica para um verão refrescante e saboroso! 
Saúde!

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Sorvete natural

Que tal espantar o calor sem culpa? Essa receita de sorvete natural é perfeita! Sabor, textura e imagem para se deliciar. O modo de preparo? Super simples! As calorias? Quase nenhuma! Gordura? zero! Açúcar? Zero também! Qual o nome do milagre? Frutas! Basta picar em cubos 2 bananas nanicas maduras e levar ao congelador por 6 horas. Mas se desejar, pode sempre deixar por lá essa quantidade para quando bater a vontade. Eu agora faço isso! Assim que retirar as bananas do congelador, bata em um mixer, liquidificador ou processador (eu utilizei este) com 5 morangos in natura. O resultado é este! Um sorvete muito cremoso e saboroso. Excelente para refrescar sem calorias e de uma forma saudável. Essa é a melhor dica para o verão! Bon appétit!

sábado, 17 de janeiro de 2015

Filé grelhado sobre ninho de cogumelos salteados

Para fazer um jantarzinho a dois a gente precisa ser prática e não perder muito tempo na cozinha. Afinal, o que interessa é curtir a companhia com um bom vinho e ótimo papo. Se podemos agregar um prato gostoso a essa combinação, melhor ainda! Essa receita também vem do livro "Receber com Charme" e é fantástica para quem quer impressionar com pouco trabalho.
A receita é a seguinte: para começar, lave bem 150g de cogumelos shitake frescos e 150g de cogumelos shimeji. Tempere os bifes de filé com sal grosso e pimenta-do-reino. Aqueça 3 colheres de sopa de azeite em uma panela e doure os filés dos dois lados, sem deixar muito tempo para que não percam a suculência. Reserve a carne e na mesma panela acrescente outras 2 colheres de sopa de azeite para refogar 3 dentes de alho picados e os cogumelos já cortados sem os talos. quando começar a dourar adicione 150g de creme de leite fresco e 2 colheres de sopa de suco de limão. Deixe aquecer, tempere com sal e pimenta-do-reino. Para montar coloque um pouco do molho de cogumelos no prato e a carne por cima. Decore com tomilho e se deseja, adicione um pouco mais do molho por cima.
Bon appétit!

quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Registros Fotográficos de Dubai

Ir a Dubai e não tirar fotos é impossível. Uma cidade com a arquitetura mais fantástica e moderna que já tive o prazer de conhecer. Lugares incríveis construídos no meio do deserto de formas inimagináveis.

Mas para começar os registros fotográficos, iniciarei não com Dubai, mas com Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes e cidade onde está localizada a terceira maior mesquita do mundo.


A majestosa mesquita Sheikh Zayed foi batizada com o nome do Sheikh Zayed bin Sultan Al Nahyan, o primeiro presidente dos Emirados Árabes Unidos.



De uma exuberância indescritível! A única a abrir suas portas para não-muçulmanos. Zayed não economizou recursos para criar o local onde seria enterrado.



Materiais nobres como mármore da Macedônia, ouro de 24 quilates e cristais de Murano podem ser vistos por toda parte. Os mosaicos florais, que quebram o branco do solo e das colunas, foram feitos por artesãos italianos.




O tapete persa, considerado o maior do mundo, foi confeccionado durante um ano por 1.200 mulheres iranianas. As paredes e o teto têm versos do Corão escritos em três tipos de caligrafia arábica por artistas de vários lugares do mundo, supervisionados por calígrafos dos Emirados, da Síria e da Jordânia. O pátio tem mais de mil colunas, adornadas por mosaicos coloridos e arrematadas por detalhes dourados no topo. Uma visita definitivamente imperdível para quem for a Dubai e AbuDhabi.





A arquitetura de Dubai é o principal atrativo da cidade. Logo abaixo o Burj Khalifa, o maior arranha-céu já construído, com 828 metros de altura e o elevador mais rápido do mundo. O edifício faz parte de uma complexo comercial e residencial de dois quilômetros quadrados de área. Impressionante acho que é a palavra ideal para descreve-lo.


Cayan Tower é o maior edifício torcido do mundo, com 306 metros de altura. (Aliás, tudo em Dubai parece que tem que ser maior do mundo!) Em forma que lembra o DNA humano, o prédio tem 80 andares. A torre tem apartamentos residenciais, salas de conferência, campos de tênis, piscinas, escola, berçário e spa! Uma obra de arte na paisagem da cidade.



O Burj Al Arab (em Árabe برج العرب, literalmente Torre das Arábias) é um luxuoso hotel em Dubai. Operado pelo Jumeirah Group e foi construído por Said Khalil. Foi projetado por Tom Wright da WS Atkins PLC. Com 321 metros é uma das mais altas estruturas exclusivamente usadas como hotel.O Burj Al Arab foi construído sobre uma ilha artificial de 280 metros fora da praia de Jumeirah, e está conectada com a ilha principal por uma ponte curvada particular. É uma estrutura ícone, desenvolvida para simbolizar a transformação urbana em Dubai, e para imitar a vela de um barco.



O Madinat Souq, uma feira ao ar livre, ou mercado, foi construída em um resort. É um dos melhores pontos de compras, com ambientação agradável e muito charmosa. Aliás, negociar nos mercados ;e a maior delícia! Pedir metade o preço e levar o produto com desconto depois de bastante conversa é uma brincadeira bastante divertida. Por lá isso é um costume e nós devemos respeitar! Ainda no Souq, os canais entrelaçados e os requintados restaurantes ao ar livre são uma atração indispensável.


A praia de Dubai também é fantástica. Por lá podemos alugar espreguiçadeiras com colchões e toalhas. Tudo muito confortável e organizado. Um complexo comercial por perto maravilhoso possibilita o almoço após o banho de mar. Ao contrário do Brasil, por lá não se pode comprar bebidas alcoólicas, somente em restaurantes de hotéis internacionais. Então ficamos bem na Coca-cola zero mesmo! Mas valeu muito a pena.




Outro passeio incrível e imperdível é o Miracle Garden. Um lugar todo feito de flores. Lindo, lindo lindo! Um projeto bastante ambicioso do Xeque Mohammed bin Rashid Al Maktoum, atual primeiro-ministro e vice-presidente do país. Com 45 milhões de flores que formam carros, pirâmides, estrelas, casas e corações é um magnífico jardim no meio do deserto. 







Por fim, outra atração que separei dentre as inúmeras que temos em Dubai, é o passeio no deserto. Ver o pôr daquele sol vermelho é uma cena quase indescritível. É de encher os olhos e tirar o fôlego de tão lindo. Após o passeio fomos levados a uma espécie de acampamento com várias tendas, tapetes persas espalhados pelas areias e almofadas para nos sentar, ver as estrelas, experimentar a shisha de maçã (narguilé), fazer um lanche e depois comer churrasco (que estava meia-boca, confesso!). Quem quisesse (e eu quis!) podia aproveitar a arte das muçulmanas e fazer tatuagens de hena. O lugar é fantástico e o passeio vale muito a pena.









Bom, esses foram os principais registros fotográficos que escolhi para postar aqui para vocês. Para foi ou pretende ir a Dubai. Fiquem à vontade para deixar os comentários. Essa é uma viagem que eu recomendo!