domingo, 31 de março de 2013

Creme Fortificante

Semana passada recebi um hóspede especial: meu pai. Infelizmente ele não possui mais a possibilidade de sentir tanto prazer na mastigação dos alimentos em razão de uma doença que o deixou sem muita articulação do maxilar. Mas isso não significa que não possa apreciar cremes nutritivos, fortificantes e saborosos.
A receita de hoje serve para todos os enfermos e crianças que precisam de uma mãozinha para estabelecer uma alimentação mais nutritiva.
Nada verdade, isso nada mais é que um conjunto de legumes fortes cozidos com dois cubos de caldo de legumes, 1 colher de sopa de sal temperado (aquele das dicas da Fefe), tudo batido no liquidificador e servido com muito carinho para fortalecer a quem precisa. Eu usei para essa receita, que rendeu uma panela enorme de creme, 3 inhames, 1 batata doce grande roxa, 2 chuchus e 1/4 de moranga. Dica para descascar esses legumes: como eles melam demais as nossas mãos, cozinhe-os antes de descascar. Isso facilitará e muito! O cozimento deve se dar até o ponto de poder enviar o garfo em cada um deles sem fazer força. Assim ficarão bastante macios e fáceis de triturar no liquidificador com a adição de 1 litro de água.

A escolha dos legumes: O inhame é um rizoma rico em carboidratos, excelente fonte energética. Também é rico em vitaminas do complexo B, vitamina C, e sais minerais como cálcio, fósforo e ferro. É de digestão fácil e rápida. Pertence à família Aracea, assim como o cará e a taioba. Boa fonte de potássio, um mineral que ajuda a controlar a pressão arterial e de manganêsio, que auxilia no metabolismo dos hidratos de carbono e é um co-factor de várias enzimas importantes na produção de energia e de defesas antioxidantes. É um alimento especialmente recomendado na prevenção de doenças como dengue, malária e febre amarela. Desintoxicante e depurativo, o inhame apresenta propriedades medicinais que lhe atribuem o nome de remédio em alguns países do oriente, sendo recomendado para o tratamento de doenças como reumatismo, artrite, ácido úrico, inflamações em geral, viroses e micoses. Limpa o sangue fazendo sair todas as impurezas através da pele, dos rins, dos intestinos; fortifica os gânglios linfáticos, no tratamento de cólicas, espasmos musculares e asma. As suas propriedades Antiespasmódicas e antiinflamatórias também tornam-o útil para tratar cãibras no estômago. Restaura e mantém o sistema imunológico saudável e resistente. Na África, foi constatado que o inhame é responsável pelo aumento da fertilidade das mulheres que o consomem habitualmente. Auxilia nos males da T.P.M., por conter a vitamina B6 (que também reduz o risco de doença cardíaca), onde alivia os sintomas e regula o fluxo menstrual. Os hidratos de carbono e a fibra do Inhame retardam a taxa com que os açúcares são liberados e absorvidos pela corrente sanguínea, com isto, controlando o açúcar no sangue.

A batata-doce é rica em carboidratos, vitamina A, vitaminas do Complexo B e sais minerais como Cálcio, Fósforo e Ferro. É indispensável à vista, conserva a saúde da pele, auxilia o crescimento e evita infecções. As vitaminas do Complexo B (B1 e B5) evitam problemas de pele e ajudam na regularização do sistema nervoso e do aparelho digestivo. Os minerais, por sua vez, contribuem para a formação dos ossos, dentes e sangue.




O chuchu é considerado um fruto, pois possui sementes internas envolvidas pela parte comestível. De fácil digestão, possui alto teor de fibras e pouquíssimas calorias. Também é rico em potássio, vitamina A, C e B. Seu consumo não deve ocorrer em sua forma crua, é indicado que seja cozido ou refogado. É excelente fonte de cálcio, fósforo e ferro.




A abóbora moranga é rica em carboidratos, proteína, pouquíssima gordura, betacaroteno, importante para os olhos e para pele; vitamina A, C, que aumenta o sistema imunológico e a absorção do ferro; vitamina E, que possui propriedades antioxidantes que reduzem o risco de desenvolvimento de cânceres, doenças cardiovasculares, derrames e o envelhecimento precoce; vitaminas do complexo B, que além das funções descritas acima, também dão energia para manutenção das funções do corpo humano; fibras, para melhorar o funcionamento intestinal, diminuir a absorção do colesterol e da glicose dos alimentos e diminuir a sensação de fome; cálcio, para fortalecer os ossos, fósforo, para auxiliar o cálcio no fortalecimento dos ossos; ferro contra a anemia e potássio, que evita cãimbras e controla a pressão arterial.

Temos aqui, portanto, nesses quatro ingredientes preciosos, todas as fontes necessárias para uma alimentação saudável e revigorante! Os tempero para o creme também podem variar. Além do caldo de legumes, fazer a sopa sem bater no liquidificador para possibilitar a mastigação com um pedaço de carne músculo pode dar um toque muito especial.
Cuidar da nossa saúde e das pessoas que amamos pode começar na mesa. Alimente-se bem, com saúde e aprecie os ingredientes que a natureza gentilmente nos oferece para viver bem.
Bon appétit!

sexta-feira, 29 de março de 2013

Feliz Páscoa

A Páscoa é uma festa cristã que celebra a ressurreição de Jesus Cristo. Alguns costumes ligados ao período pascal originam-se dos festivais pagãos da primavera. Outros vêm da celebração do Pessach, ou Passover, a Páscoa judaica. Um ritual de passagem, assim como a "passagem" de Cristo, da morte para a vida.


A festa tradicional associa a imagem do coelho, um símbolo de fertilidade, e ovos pintados com cores brilhantes, representando a luz solar, dados como presentes.*
De formação católica, mas com um pouco de conhecimento sobre outras doutrinas e religiões, me considero um pouco "filha de todos os Santos". Sempre digo isso a quem me pergunta qual a minha religião. Vou à missa quando sinto necessidade de ouvir um sermão que me toque. Mas também não dispenso um passe espírita para recarregar as energias.
A páscoa, apesar de ter se tornado uma data muito mais comercial do que religiosa, traz um significado de renovação que, especialmente este ano, se insere com muita força para mim. A renovação interior, em nossos sentimentos e pensamentos, no foco que damos à nossa vida, no trato com as pessoas queridas. Eu tenho provas, a cada dia, da benção que recebo de Deus, de meus anjos da guarda, de meus mentores espirituais e, principalmente, de minha família e amigos.
Eu entro nesse período de páscoa com o desejo que todos os leitores e visitantes desse Blog possam sentir a proteção, a renovação como busca da evolução pessoal. "Fazer o BEM, não importa a quem".
Que a celebração da páscoa venha sim, recheada de deliciosos ovos, de uma mesa farta com bacalhau e que as famílias possam passar para as crianças um pouco sobre o verdadeiro significado da festividade.
Recebi da minha prima Flávia Lafetá um vídeo lindo, de 5 minutos, que vale muito a pena apresentar aos pequenos e ensiná-los um pouco sobre a páscoa. Eu espero que gostem!
Feliz Páscoa!


* http://wwwusers.rdc.puc-rio.br/kids/test/kidcafe-esc/significado.html

quarta-feira, 27 de março de 2013

Dicas da Fefe: Azeites

Você sabia que o azeite é dividido em várias categorias?
1 - Extra Virgem: de altíssima qualidade, é o mais saudável e deve ser consumido a frio. Considerado o melhor, menos prensado. Após uma única prensagem a frio da azeitona, obtém-se o azeite extra-virgem. Por esse motivo, ele é o mais puro e sua acidez é de no máximo 1% (os melhores estão entre 0,4 e 0,5%). Após a prensagem, ele é apenas filtrado, conservando um sabor acentuado. Nada mais é do que sumo de fruta extraída mecanicamente do fruto da oliveira. Não há calor ou produtos químicos utilizados no processo de extração. Seu consumo é recomendado cru, em saladas, queijos, pães ou em receitas que não necessitem ir ao fogo. 
2 - Virgem: a partir da segunda prensagem.. para uso culinário. É extraído na segunda ou terceira prensagem da azeitona. Sua acidez pode ser de até 2% e o seu sabor é menos acentuado em relação ao extra-virgem e um pouco mais adocicado. É indicado para os processos de cocção no fogo. Enquanto que todos os tipos de azeite de oliva são fontes de gordura monoinsaturada extra, o azeite virgem, da primeira prensagem das azeitonas, contém maiores níveis de antioxidantes, especialmente a vitamina E e fenóis, por ter sido menos processado.
3 - Virgem Lampante: impróprio para consumo. Azeite virgem com uma acidez livre, expressa em ácido oleíco, superior a 3,3 g por 100 g e com as outras características conformes com as previstas para esta categoria.
4 - Refinado: recebe denominação de 'azeite de oliva'. Adquirido em outras prensagens ou com azeitonas que não obedeçam necessariamente às mesmas exigências dos azeites extra-virgem e virgem, esse tipo passa por processos de descoloração, desodorização e neutralização. É mais utilizado em frituras.
5 - Composto: de baixa qualidade
6 - Azeite puro: sofre alguma prensagem (filtragem e refinado). É uma mistura entre os azeites refinado e virgem. Como são menos concentrados, o sabor é suave e o seu preço muito menor do que os demais.

Todos os óleos vegetais prensados a frio, incluindo o azeite de oliva extra-virgem, possuem a imensa vantagem para a nossa saúde, de não terem sido extraídos às custas da aplicação de alta temperatura, alta pressão e solventes químicos. Alta temperatura e pressão provocam a oxidação da delicada estrutura química dos óleos vegetais o que faz com que percam as suas qualidades nutricionais.
Entre o século VII e III A.C. o óleo de oliva foi objeto de estudo de filósofos, médicos e historiadores devido a suas benéficas propriedades. Na mesopotâmia, por exemplo, o óleo era usado como um protetor do frio, ao utiliza-lo sobre o corpo.
Hoje, no mundo inteiro, a produção de azeite alcança 2 milhões de toneladas, o que representa 4% da produção mundial de óleos vegetais, e 2,5% da produção mundial de óleos comestíveis e gorduras. Seus maiores produtores são: Espanha, Itália, Grécia, Tunísia e Turquia.
Existem diversos tipos de óleos de oliva espalhados pelo mundo. Cada qual, conforme a região de origem possui uma personalidade identificada pelo seu aroma e sabor. Somente dentro da Itália, inúmeras são as regiões produtoras, isto demonstra a diversidade e a presença marcante do óleo de oliva no mundo.
Trata-se, pois, de óleo natural que preserva o sabor, aroma, vitaminas, as propriedades contidas na azeitona e é o único óleo vegetal que pode ser consumido naturalmente. 
Os benefícios do azeite para a saúde são devido ao seu alto teor de ácidos graxos monoinsaturados e o seu alto teor de substâncias antioxidantes. Estudos têm demonstrado que o azeite oferece uma boa protecção contra doenças cardíacas por controlar o LDL “mau”. É muito bem tolerado pelo estômago. Na verdade, sua função de proteção tem um efeito benéfico ao tratamento de úlceras e gastrite. Ativa a secreção de hormônios pancreáticos e biliares muito mais naturalmente do que os medicamentos prescritos. Por consequência reduz a incidência de formação de cálculos biliares.
Dica:  Em vez de servir manteiga, encha um prato pequeno com tempero de azeite extra virgem para uso em pães, batatas ou outros legumes.  Para um maior sabor, tente adicionar algumas gotas de vinagre balsâmico.  Compre e armazene em recipiente opaco, e adicione o azeite aos alimentos imediatamente após o seu cozimento. 

segunda-feira, 25 de março de 2013

Bolo de Chocolate

Essa semana a mamãe chegou dizendo que conseguiu a receita do melhor bolo de chocolate que ela comeu na vida dela! Tive que experimentar! E realmente! Ele é divino!
Para começar, ligue o forno pois ele deverá estar bem quente para assar esse néctar dos Deuses!
Pegue uma vasilha grande e vá misturando 2 xícaras de farinha de trigo; 1 xícara de açúcar; 1 xícara de Nescau; 1 colher de sopa e mais um pouquinho de fermento; ½ xícara de óleo; 2 ovos inteiros e 1 xícara de leite fervendo exatamente nesta ordem. Misture muito bem para ficar bem homogêneo. Coloque em uma forma untada e leve ao forno quente por 25 minutos sem abrir. Faça aquela conferência com o palito para ver se bolo está sequinho e no ponto de tirar do forno. Caso não, deixe mais uns 5 minutinhos e confira novamente.
Faltando uns 5 minutos para o bolo ficar pronto faça a cobertura com 1 lata de creme de leite; 5 colheres de sopa de Nescau; 3 colheres de sopa de açúcar e 1 colher de sopa de manteiga em temperatura ambiente. Misture tudo e leve ao fogo. Quando começar a ferver, deixe por 3 ou 4 minutos e desligue. Jogue em cima do bolo ainda quente. Yammm! Prepare-se para um verdadeiro momento de prazer! 
Bon apéttit!

sábado, 23 de março de 2013

Temaki(cone)

Esses dias combinei com algumas amigas sair para comer temaki. Devido a alguns desencontros acabamos transferido o happy hour japa para outro dia, mas o desejo me inquietou! Entrei no youtube e encontrei um vídeo fantástico ensinando fazer o temaki. Lógico que corri ao supermercado para comprar os ingredientes e fazer o meu! E mais lógico ainda que o vídeo parece ser muito mais fácio do que realmente é na prática!
O arroz japonês é facilmente encontrado em qualquer mercado, assim como a alga.
O salmão, se possível, já peça para vir fatiado para adiantar o trabalho! Você também pode usar atum, peixe branco, kani, ou qualquer outro recheio de sua preferência.
Começamos pelo arroz japonês. Nada de arroz comum! Pelo amor de Deus! Japa tabajara é o ó! Lave bem meia xícara (chá) de arroz próprio para sushi, esfregando-o com as mãos, até a água ficar transparente. Coloque numa panela e junte 1 xícara (chá) de água. Deixe descansando por 30 minutos. Tampe a panela e cozinhe em fogo baixo por 20 minutos ou até o grão ficar macio. Retire a panela do fogo e deixe descansando, tampada, por cerca de 5 minutos. Em uma tigela, junte 1 colher (sopa) de vinagre de arroz, 1 colher (chá) de açúcar e meia colher (chá) de sal. Misture até ficar bem dissolvido. Transfira o arroz para uma tigela grande e acrescente a mistura de vinagre, incorporando delicadamente com a ajuda de uma espátula de madeira ou garfo molhado em água. Deixe esfriar em temperatura ambiente, antes de utilizar.
Depois que o arroz estiver frio, vamos ao temaki! Misture 50 gr salmão picado com a cebolinha verde. Reserve. Corte a folha de nori (alga) ao meio. Segure o nori com a mão seca e coloque o arroz no lado esquerdo. Espalhe-o cobrindo a metade esquerda da alga. Passe o wasabi (raiz forte, que já vende em tubinhos, pronta para uso). Coloque o recheio na diagonal. Enrole pegando a ponta do canto inferior esquerdo com os dedos indicador e o polegar e leve até a extremidade superior esquerda do arroz. 
Vá enrolando com a mão direita até formar um cone. Não é tão fácil! Eu testei! Mas dá para fazer numa boa. O meu não ficou tão lindo quanto o do vídeo abaixo. Mas vale super a pena aprender e tirar a maior onda com os convidados em casa! Tempere na hora de comer com molho de soja e bon appétit!


Fonte da Receita: http://cybercook.terra.com.br/receita-de-temaki-de-salmao-com-cebolinha-r-6-4139.html

quinta-feira, 21 de março de 2013

Portugal Gourmet

"«De Nordeste a Noroeste, caminhos que vão dar às ""Meninas de Castro Laboreiro"", à ""História do soldado José Jorge"" ou ao Monte Evereste de Lanhoso. Depois, as ""Terras baixas, vizinhas do mar"". Encontramos nelas ""Um Castelo para Hamlet"", e descobre-se que nem todas as ruínas são romanas. Viaja-se ainda pelas ""brandas beiras de pedra"", com as ""novas tentações do demónio"" e ""o fantasma de José Júnior"". Um convite, entretanto, a parar em todo o lado, entre Mondego e Sado, para observar ""artes da água e do fogo"" ou as chaminés e laranjais. E um passeio pela ""grande e ardente terra de Alentejo"". Aí, ""a noite em que o mundo começou""; aí, ""uma flor da rosa""; aí, onde ""é proíbido destruir os ninhos"". E mais o sol, o pão seco e o pão mole do Algarve, com ""o português tal qual se fala"". ""Pelos caminhos de Portugal / Eu vi tantas coisas lindas vi o mundo sem igual"", canta o cancioneiro popular, e assim faz Saramago, com a diferença essencial que a qualidade da sua escrita está bastantes furos acima. Uma viagem, se não pelo Portugal profundo, pelo menos por uma forma profunda de ver Portugal.» (Diário de Notícias, 9 de Outubro de 1998)".*

Há algum tempo ganhei de meu pai este livro "Viagem a Portugal", devidamente autografado pelo escritor e cheio de belas histórias e um roteiro maravilhoso nesse país que me parece divino...
Por coincidência, a Speed System enviou esta semana um roteiro fantástico que inclui vissitas a Albufeira, Azeitão, Barcelos, Braga, Cascais, Coimbra, Douro, Estoril, Évora, Fátima, Guimarães, Lisboa, Monsaraz, Peso da Regua, Porto, Sesimbra, Setubal, Sintra, Tomar, Viana do Castelo, Vila Real e Viseu.
Uma viagem com dez dias de passeios pelas terras de nossos colonizadores que inclui os principais pontos turísticos, como a Torre de Belém e Mosteiro dos Jerônimos, com direito a apreciação do famoso pastel de Belém. Visita à tradicional vila de Sintra, Cascais e Estoril. Show de fados com jantar num restaurante típico no Bairro Alto. Um roteiro que cruza o rio Tejo, em Azeitäo para visitar as cave de vinhos José Maria da Fonseca, onde se produze o famoso Moscatel de Setubal, com prova de vinhos e queijos. Visita a Sesimbra onde junto à praia se aprecia almoço com fresco peixe. Èvora, cidade museu, na qual se dará destaque para a Catedral e Templo romano de Diana. Prova de vinhos acompanhados com iguarias do Alentejo, queijo, chouriço, azeite e päo em Herdade do Esporäo. e jantar gastronômico em Tomar. Visita ao Convento de Cristo e em Fátima, ao Santuário de Nossa Senhora. 
Em Coimbra, um passeio pela cidade universitária. Já em Viseu, após conhecer o belo centro histórico, um almoço beirão acompanhado por vinhos da Dão. Na regiäo do rio Douro, Patrimonio da Humanidade, finalmente se chegará a quinta productora de vinho do Porto. Seguindo para Vila Real visita do Solar de Mateus e Amarante, onde se poderá apreciar o conjunto monumental construído pela igreja de São Gonçalo. Em Guimaräes, visita ao centro histórico, onde pode admirará as velhas muralhas, casas palacianas, o Castelo e o interior ao Paço Dos Duques de Bragança. Em Braga, ruma-se ao Santuário do Bom Jesus, a Catedral, a mais antiga de Portugal. Depois segue-se a Barcelos, cidade do famoso galo de Barcelos, símbolo de Portugal, onde será servido um almoço típico. Depois aos viajantes seguem para Viana do Castelo onde visitarão o centro histórico e rumam para Porto. Lá se visitará uma das caves onde a degustação será o famoso vinho do Porto, a Igreja de São Francisco e o Palácio da Bolsa de Valores. Um passeio de barco pelo Rio Douro para admirar os bairros históricos da cidade, declarada pela UNESCO Patrimônio da Humanidade e o fim dessa bela viagem com almoço em típico restaurante da cidade. 
Uma maratona enogastronômica e cultural de dez dias, que vale a pena incluir na lista de locais que ainda irei visitar...


Informações e reservas: Renata Azevedo 
E mail: renata@speedsystem.com.br 
Telefone: (31) 3298.1000 - Celular: (31) 9958.0628
R. Marília de Dirceu 173 - Lourdes. Belo Horizonte / MG 

*http://biblioteca-esb.blogspot.com.br/2012/05/viagem-portugal.html

terça-feira, 19 de março de 2013

Feliz Aniversário!

“Existe somente uma idade para a gente ser feliz, somente uma época na vida de cada pessoa em que é possível sonhar e fazer planos e ter energia bastante para realizá-las a despeito de todas as dificuldades e obstáculos. Uma só idade para a gente se encantar com a vida e viver apaixonadamente e desfrutar tudo com toda intensidade sem medo, nem culpa de sentir prazer. Fase dourada em que a gente pode criar e recriar a vida, a nossa própria imagem e semelhança e vestir-se com todas as cores e experimentar todos os sabores e entregar-se a todos os amores sem preconceito nem pudor. Tempo de entusiasmo e coragem em que todo o desafio é mais um convite à luta que a gente enfrenta com toda disposição de tentar algo NOVO, de NOVO e de NOVO, e quantas vezes for preciso. Essa idade tão fugaz na vida da gente chama-se PRESENTE e tem a duração do instante que passa. Mario Quintana

Aqueles que me conhecem pessoalmente sabem o quanto sou fascinada por aniversário.Gosto tanto do meu quanto dos outros. Aniversário é festa! É, definitivamente, o melhor dia do ano. Todos à sua volta lhe desejam pensamentos positivos. Todos ligam, mandam mensagens, emails, cartas, cartões, presentes e sempre temos escritos textos com votos de felicidades, de paz, alegrias, saúde, sucesso, amor. É o dia que recebemos o maior nível de energia positiva do ano! Não é data de envelhecer. É data de acúmulo de experiências, de vivências, de alegrias e tristezas, mas sobretuto de aprendizado. A cada ano que passa podemos voltar um filme de nossas histórias para confirmar o quanto crescemos, amadurecemos e nos tornamos melhores. É o momento de aproveitar os beijos, abraços, presentes e ser o máximo que puder, feliz. Aos aniversariantes, visitantes do Blog, meu sincero desejo que este seja o melhor dia do seu ano! Repleto de boas vibrações. Que o bolo seja saboroso e os parabéns deliciosos! Feliz Aniversário!!!
Bon appétit!

Dicas da Fefe: Cozinhar é...

Para cozinhar bem é preciso seguir algumas regrinhas básicas. A Fefe traz aqui 5 ensinamentos preciosos para aqueles que desejam se aventurar na magia dos sabores da culinária.
A primeira delas é: Leia e compreenda a sua receita antes de começar a cozinhar. Isso pode parecer óbvio. Mas na verdade é de extrema importância. Há certas receitas que trazem nomes desconhecidos e, portanto, devemos desvendar todo o conteúdo do texto para que não surjam dúvida na hora de colocar a mão na massa!
A segunda é: O mise en place bem feito é a chave do sucesso. Mise en place (dito "miz õ plas") é um termo francês que significa, literalmente, "posta no lugar". Consiste em uma etapa inicial para o preparo de um prato, na qual você separa todos os utensílios e ingredientes necessários para executá-lo. Os ingredientes devem ser medidos, e, se necessário, descascados, cortados, etc. É fundamental fazer a mise en place para a boa execução de qualquer receita, assim você não sai correndo atrás dos ingredientes quando as coisas já estão na panela. Um cozinheiro profissional não sobrevive sem a mise en place!
A terceira é: Tenha uma tábua de corte grande e boa. Boas tábuas resistem mais tempo para os cortes de carnes e legumes. O ideal mesmo seriam duas. Uma para cada grupo de alimentos. Mas existindo  aquela que seja firme, não quebram ou lascam e previnem o acúmulo de bactérias entre as fendas, sinta-se bem equipado em sua cozinha! (lembrando que tábuas de madeiras hoje são proibidas em cozinhas comerciais). O comércio do utensílio desse material ou o seu uso em bares e restaurantes é proibido pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Ao cortar os alimentos, é normal o fio atingir também o utensílio de madeira. Nessas ranhuras, vão se acumulando microrganismos e restos de alimentos praticamente imperceptíveis. E é muito difícil retirá-los na lavagem. Essas bactérias ficam ali por longos períodos e podem contaminar facilmente outros alimentos, causando doenças. Já as tábuas feitas de plástico, vidro e polietileno são mais fáceis de lavar e de usar. O mesmo para colheres, prefira as de polietileno as de pau.
A quarta é: Compre um kit de facas de boa qualidade. É importante ter pelo menos 1 faca do chef boa, afiada e de dez polegadas. Facas de aço forjado com três rebites duram a vida inteira!
E, por fim, a quinta regrinha básica a seguir: Deixe sempre sua bancada de trabalho limpa. Será muito mais fácil preparar a próxima refeição se tudo estiver em ordem na cozinha. Quanto maior o acúmulo de louça, sujeira e coisas fora do lugar, mais tempo será gasto para cozinhar. A medida que se utiliza os itens do prato que se prepara, o ideal é já limpar os recipientes e ja deixá-los secando para quando terminar o prato, a cozinha se manter organizada e pronta para receber a nova leva de louças resultado da refeição. Nada de pias gigantes transbordando panelas, pratos, copos e talheres. Fica bem melhor quando tudo se encontra no seu devido lugar e na hora certa!
Divirtam-se na cozinha, pois essa terapia vale ouro!

domingo, 17 de março de 2013

Penne colorido com atum

Hoje trago aqui mais uma daquelas receitas para o dia da preguiça! Receita rápida. Comece já colocando a água do penne para ferver. Busque seu processador e mãos à obra! Triture 2 cebolas médias no processador. Acrescente 2 latas de tomate pelado e bata para misturar. Junte mais duas latas de atum em conserva e bata mais um pouco. Leve essa mistura em uma panela em fogo médio e deixe cozinhando. Adicione 1 tablete de caldo de legumes para temperar e misture um pouco até que ele incorpore ao molho. Depois inclua 2 colheres de sopa generosas de alcaparras. Misture mais e abaixe o fogo para continuar cozinhando sem queimar. Enquanto isso, confira se água do macarrão ferveu. Eu tenho usado tabletes de bouquet garni ou de caldo de legumes no cozimento da massa para que ela pegue um pouco mais de sabor. Mas caso prefiram, continuem com a famosa colher cheia de sal para cozinhar o macarrão. O penne geralmente está no ponto após 8 minutos de cozimento. Dê uma conferida. Caso sim, escorra-o e sirva com o molho por cima. Cebolinha picada bem miúda para enfeitar e voilá! Massa dos preguiçosos pronta para acabar com a fome, cheia de sabor, sem gordura e sendo o penne colorido, com mais charme que o convencional... 
Bon appétit!

quinta-feira, 14 de março de 2013

Dicas da Fefe: Bouquet Garni

 
Você sabe o que um bouquet garni?
É um amarradinho de ervas e temperos que se utiliza para aromatizar molhos, bases de cozimento, sopas, caldos e ensopados.
Faça o seu com duas folhas de sálvia, um galho de tomilho, um ramo de salsinha e uma folha de louro.
Coloque as ervas uma sobre a outras, embrulhe com a folha do alho poró e amarre com barbante, fazendo uma trouxinha.
Use o bouquet garni sempre da metade para o fim do preparo do alimento, pois assim o perfume se manterá no prato com muito mais frescor!
Bon appétit!


domingo, 10 de março de 2013

Picanha suína

Hoje venho trazer a vocês mais uma daquelas opções super rápidas para o almoço do dia-a-dia. A picanha suína, além de muito saborosa, é uma peça de carne de ótimo custo benefício. Existem várias marcas no mercado e algumas delas já vem até temperadas, prontas para ir ao forno. Eu, como acho que carne de porco combina muito com molho barbecue, logo fui pensando nele...
Para fazer é muito simples. Em um refratário adicione 1/2 xícara de chá de água. Cubra com rodelas de 1 cebola grande e adiciones por cima aproximadamente 1 colher de sopa de molho barbecue. Pegue a peça da picanha e também passe o molho, numa quantidade generosa por toda ela. Não retire a capa de gordura porque ela é importante para dar sabor à carne. Coloque a picanha por cima das cebolas e leve em forno médio (150°C) por 1hora. Ela ficará deliciosamente temperada, macia e saborosa para você apreciar com arroz e legumes assados.

terça-feira, 5 de março de 2013

Dicas da Fefe: Facas

Vocês sabem qual é a faca ideal para os diversos tipos de alimento?
Cada faca tem uma função específica. Então é importante escolhe-las com cuidado, pois a utilização correta poupa tempo.


Para quem cozinha em casa não há necessidade de comprar todas as facas. Bastam apenas as básicas, como as de cabo branco da Tramontina.
As principais para utilizar na cozinha são: a de Chef, a de legumes e a de desossar.
A chaira também é um utensílio básico para manter suas facas em bom estado. Lembrando que ela não serve para amolar facas, apenas para assentar o fio.

segunda-feira, 4 de março de 2013

Enoturismo em alta: Napa Valley


Hoje a Speed System traz mais um roteiro dos vinhos. O vale de colinas é coberto por videiras e flores silvestres que montam a paisagem de sonho localizada no Vale de Napa, nos Estados Unidos. A região tem atraído muitos turistas, cerca de 5 milhões por ano, principalmente com vinícolas cada vez mais opulentas, chefs famosos e restaurantes espetaculares. Há vinhos de excelente qualidade em todo lugar, seja nas vinícolas mais distantes ou nos diversos winebars espalhados pelo centro do vale. As cinco principais cidades vinícolas são: American Canyon, Calistoga, Santa Helena, City of Napa e Yountville. A Go West Tours, operadora receptiva americana, organiza roteiros personalizados pela região, com paradas específicas nas vinícolas. As principais vinícolas são: Ridge, responsável por vinhos lendários, como o terroir feito de uma única uva e o Monte Bello, considerado rico, complexo e elegante; Caymus, eleito "o vinho favorito da década de 90" pela Wine Spectator, tem exemplares memoráveis, como o Conundrum e o Mer & Soleil; Seghesio, possui vinhos feitos com Zinfandel italianas e obtêm um sabor único com incrível concentração, maciez e frescor. Para os amantes do vinho e enólogos de plantão fica a dica desse roteiro.

Informações e reservas: Renata Azevedo 
E mail: renata@speedsystem.com.br 
Telefone: (31) 3298.1000 - Celular: (31) 9958.0628
R. Marília de Dirceu 173 - Lourdes. Belo Horizonte / MG